Previously on LOST…(S01 – S05)

Resolvi escrever sobre Lost porque, muito felizmente, a Sexta e última temporada já começou nos EUA e, melhor ainda, os 2 primeiros capítulos irão estrear também no Brasil no dia 09 de fevereiro. Como quero comentar episódio a episódio desta temporada, a idéia deste post é apenas resumir o que rolou até agora em Lost. Nada muito elaborado, mas CUIDADO: Há inúmeros SPOILERS, portanto, somente quem já assistiu as 5 primeiras temporadas deve ler este post.

Vamos lá:

Criado por Jeffrey Lieber, Damon Lindelof e J.J. Abrams, LOST é a história de um grupo de passageiros que caem de avião numa Ilha cheia de mistérios. O grande diferencial que vemos na série é que a personagem principal do seriado é exatamente ela: A ILHA. Desde o início percebemos que Lost demonstra algo muito polêmico: O constante conflito entre a ciência é a fé. Utilizando do recurso de flashbacks, a série conta a vida de cada passageiro em um paralelo entre seu passado fora da Ilha e seu presente cheio de ação, emoção, aventuras e muito, mas muito mistério enquanto lutam pela sobrevivência.

Lost – Season 1 (25 episódios)

Na primeira temporada somos introduzidos ao grupo de passageiros do vôo Oceanic 815, que cai em uma Ilha cheia de mistérios. Na verdade, vemos somente os sobreviventes que se encontravam na parte frontal do avião. Um grupo de desconhecidos que se vêm obrigados a trabalhar juntos pela sobrevivência e a lutar juntos contra as ameaças da Ilha. Os primeiros mistérios ficam em torno da escotilha encontrada por John Locke, um “monstro” que vaga pela selva, Danielle Rousseau, uma francesa cujo navio naufragou na Ilha à 16 anos atrás, e principalmente da possível existência de habitantes da Ilha, “Os Outros”. Os personagens com mais destaque são Jack, Locke, Kate, Sawyer, Sayid, Hurley, Sun, Jin, Charley, Claire, Michael, Walt, Shannon e Boone.

Lost – Season 2 (24 episódios)

Somos apresentados logo no início ao restante dos sobreviventes do vôo, que estavam na cauda do avião. O grupo de Ana Lucia, Mr. Eko e companhia assustados por já terem perdido muitos amigos para “Os Outros”. Conhecemos também Desmond, um escocês que estava preso na Escotilha, digitando os “bad numbers” como chamado pelo Hurley (4, 8, 15, 16, 23, 42) e apertando um botão a cada 108 minutos para “salvar o mundo”. Conhecemos também a Dharma Initiative e sua ligação com “Os Outros”. Descobrimos que o monstro é, na verdade, a Black Smoke, uma fumaça negra. Henry Gale, um prisioneiro capturado por Rousseau é dado como um homem perigoso, e se revela Benjamin Linus, o líder dos “Outros”. Locke decide não apertar o botão e acaba por explodir a escotilha.

Lost – Season 3 (23 episódios)

A terceira temporada é completamente focada na vida dos “Outros”, que sequestram Kate, Jack e Sawyer. Conhecemos uma nova e importante personagem: Juliet, uma das integrantes do grupo de Benjamin Linus, além de seu “conselheiro” Richard Alpert, que passa pelo tempo sem envelhecer. Um dos objetivos do sequestro é que Jack opere Ben para salvá-lo de um tumor na espinha. Jack resolve ajudar, mas usa isso para liberar Sawyer e Kate. Passamos a saber também da existência de Jacob, uma “entidade” que dá as ordens à Ben. Outro ponto importante são as constantes visões de Desmond que acabam se realizando. A mais frequente é a visão da morte de Charlie. Naomy chega à ilha de pára-quedas e diz que veio para resgatar os sobreviventes. Em um ato de coragem e honra, Charlie se arrisca e ajuda seus amigos no que ele acreditava ser o resgate. Antes de morrer, ele consegue deixar uma mensagem à Desmond. Ao final, somos introduzidos a um novo e surpreendente recurso: o flashforward!

Lost – Season 4 (14 episódios)

A quarta temporada é marcada pela chegada do grupo de Naomi à Ilha (Charlotte, Daniel Faraday e Frank Lapidus) que vieram de um navio cargueiro que Jack acredita ter vindo para salvá-los. Locke já duvida das intenções dos novos visitantes. O quinto episódio desta temporada é, na minha opinião, o melhor da série até hoje. Desmond sofre de “apagões”, que na verdade, são as viagens no tempo. Daniel Faraday, o físico do cargueiro e um personagem importantíssimo para a trama, é quem o ajuda a sobreviver à esse fenômeno. Descobrimos, então que o cargueiro foi enviado por Charles Widmore para matar Benjamin Linus e que Widmore foi capaz de forjar o encontro dos corpos dos passageiros do Oceanic 815. Uma verdadeira guerra acontece na ilha acarretando inclusive a morte de Rousseau e sua filha, num momento angustiante mesmo para o sempre seguro e inabalável Ben. Descobrimos então que Ben tem um espião no cargueiro: Michael! O capitão do cargueiro deixa uma bomba no mesmo que explodirá se ele morrer. Jack, Kate, Sun, Sayid, Hurley e Aaron formam o grupo chamado de Oceanic Six, que conseguem sair da ilha de helicóptero. Desmond e o piloto Lapidus também saem e os 8 encontram o barco de Penny. Ben luta com o capitão e o mata e explodindo o cargueiro. Ben move a Ilha e, com isso, também sai dela.

Lost – Season 5 (17 episódios)

Depois de Ben mover a Ilha, ela sofre como um Disco riscado, pulando de tempos em tempos para épocas diferentes e, com ela, todos o sobreviventes e recém chegados também. Deste jeito, John Locke assume a liderança do Outros e descobre que, para salvar a Ilha, ele terá de morrer. John consegue então parar com os clarões. Como uma ironia, o grande desafio inicial da temporada é que os Oceanic 6 retornem a Ilha. Ben mata John Locke fora da Ilha e convence Jack, Hurley e Kate a retornarem. Sayid também volta. Em paralelo, na Ilha dos anos 70, Sawyer, Juliet, Jin e Miles infiltram-se na Dharma Initiative, com o objetivo de reencontrar seus amigos desaparecidos. Quando seus amigos aparecem, as mentiras começam a aparecer. Faraday retorna à Ilha e convence a todos de que podem mudar o futuro, alterando o curso da história no passado. Jack, acreditando poder evitar todo o sofrimento lidera todos os amigos para uma missão suicida: explodir o local onde seria a escotilha encontrada por Locke. Locke, em outra época da Ilha, lidera o grupo dos Outros para uma expedição com um objetivo no mínimo estranho: Matar Jacob! E convence Ben a fazer isso.

Ufa… quanta coisa… nenhum detalhe, apenas a idéia principal de cada temporada. No meio dessa confusão toda, convivemos com muitos mistérios, muitas “coincidências”, muita ação e muito suspense. Importante falar sobre 2 atores que, na minha opinião, são os grandes mestres de interpretação em Lost: Michael Emerson, interpretando Benjamin Linus e o meu preferido, Jeremy Davies como Daniel Faraday.

Vejam abaixo Lost em 8:15, um resumão do que aconteceu até aqui!

Lost é, sem duvida nenhuma, a melhor série da atualidade.

Quem discorda?

E que venha LOST – SEASON 6!

O que Roberto Siqueira pensa disso: Com certeza Lost é a melhor série da atualidade. Gostei muito da quinta temporada e a expectativa para a sexta é enorme. Somente para deixar registrado, meu personagem (e ator) predileto em Lost é Benjamin Linus (e Michael Emerson). Mas a maioria dos atores e atrizes tem muita qualidade.


Leitores, mãos a obra. A Ilha de Lost é toda sua…
Thiago Barrionuevo

.


Anúncios

Uma resposta

  1. […] de pensar que o personagem principal do seriado é o HOSPITAL (assim como em Lost o personagem principal é a ILHA), eu enxergo 2 personagens no centro do seriado: Dr. Mark Greene e Dr. John Carter, que ganham mais […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s